Micro Empreendedor Individual – MEI

Saiba o que é e como deve se proceder para ser um micro empreendedor individual. Quando se pensa em abrir um negócio, o primeiro passo é o registro de uma empresa, o que popularmente se chama de ‘abrir uma empresa’. Esta tal abertura nada mais é que registrar juridicamente o empreendimento, para assim ganhar uma identidade, o chamado CNPJ e ter direito a emitir nota fiscal, ter uma conta bancária em nome da empresa e fazer contratação e pagar salários.

O processo de abrir uma empresa é simples e pode ser feito de várias formas. O empreendedor pode optar por abrir com um amigo, o que será denominado uma sociedade e receberá o nome de ‘Limitada’ e ao final do nome da empresa terá acrescido o nome LTDA. Com uma sociedade há suas vantagens: os custos serão divididos, bem como os lucros, as ações da empresa serão partilhadas e o investimento será também compartilhado, o que para muitos casos é uma boa escolha.

Porém, há uma outra forma de abrir empresa sozinho. Ao contrário do que muita gente pensa, é possível abrir uma empresa sem sócios, o que é chamado de micro empreendedor individual. O termo micro refere-se a um empreendimento de pequeno porte, o qual precisa de um investimento de até 36 mil reais. Mais do que isso, não será mais uma empresa micro, e sim uma tradicional.

A vantagem de se ter uma micro empresa é com relação às tributações, os impostos e taxas cobradas. A regra é bem básica: quanto mais se ganha, mas se gasta em impostos. Mas, se a empresa é de pequeno porte e seu lucro anual é baixo, é justo que se gaste pouco em impostos e haja alguns descontos.

Vantagens de ser um micro empreendedor individual

O sistema de micro empreendedorismo individual foi criado no intuito de ajudar as pessoas que queriam montar seu próprio negócio, mas não havia a opção de ser feito sozinho. O que acontecia em muitos casos era colocar parentes ou amigos inativos na sociedade apenas para poder começar o empreendimento e em muitos casos havia problemas na justiça em alegação de falta de verba recebida por parte do sócio quase fantasma, pois este apenas se fazia presente na hora de assinar os papéis

A diferença básica de ser empreendedor individual e um tradicional em sociedade é apenas ma forma como o trâmite é realizado em papel, pois apenas uma pessoa irá constar como proprietário do negócio. Quanto a benefícios diante da Receita Federal, são os mesmos para ambas as partes, com a vantagem de isenção de algumas taxas, que já são isentas para o micro empreendedor como IRPJ, IPI, CSLL, COFINS, PIS, e INSS patronal.aliz.

Um micro empreendedor é uma forma de se abrir uma empresa sozinho, mas também tem suas regras, como só poder ter apenas um único empregado e este apenas com um salário mínimo e seus benefícios e estar sujeito a recolhimento de INSS no valor de 3%.

Também não são todas as profissões e empresas que se admitem como micro empreendedor individual. As que são permitidas são açougueiro, cabeleireiro, manicure, costureira, alfaiate, artesão de diversas especialidades, caminhoneiro, taxista, entre outros. A lista completa pode ser consultada no site do Portal do Empreendedor, no site também é possível encontrar deiversas outras informações sobre o programa micro empreendedor individual – MEI.

Comentários dos Empreendedores